Você sabe a importância de fazer uma revisão na sua moto?

Você sabe a importância de fazer uma revisão na sua moto?

11 de fevereiro de 2016 Dicas 0 Comments

A importância da revisão se deve não apenas por questões de segurança mas também em nome da própria conservação da motocicleta.

“É melhor prevenir do que remediar. O motociclista que faz sempre a revisão da moto vai gastar menos porque ela vai quebrar menos.

Fazendo uma revisão simples a cada dois meses (dependendo, é claro, da quilometragem que o motociclista percorrer), a segurança das peças revisadas vai estar garantida.

Abaixo segue alguns ítens que devem ser revisados nas motocicletas:

  • Corrente – Uma vez por semana ou a cada 500 quilômetros rodados, lubrifique a corrente para evitar o desgaste excessivo. Recomenda-se usar óleo 90 (altamente viscoso) ou graxa náutica, que é branca e dificilmente sai com água.
  • Freios – Verifique e ajuste a folga dos manetes e pedais de freios.
    Fique atento quanto à lubrificação e também aos ruídos dos freios, que podem indicar pastilhas gastas ou outros problemas.
  • Pneus – Para calibragem correta, verifique a recomendação do manual do veículo. Recomenda-se menos calibragem para viajar e calibragem total para andar na cidade. Procure sempre trocar os pneus em máquina de montagem, especialmente se for rodas raiadas. Após trocar, tome cuidado com as primeiras voltas, pois os pneus que vêm de fábrica contêm uma camada de cera escorregadia. Pneus de motos populares podem durar até 30 mil quilômetros rodados.
  • Parafusos – A alta vibração provocada na motocicleta tende a afrouxar os parafusos da carenagem. Sempre que lembrar, verifique os parufusos e deixe a moto ajustada.
  • Óleo do motor – Existem óleos que têm capacidade maior de duração, mas, em média, para as motos mais populares, recomenda-se o uso do óleo sintético e a troca dele a cada mil quilômetros rodados. Se perceber sons estranhos no motor, verifique o nível do óleo, que pode estar abaixo do recomendado.
  • Tanque cheio – Se estiver viajando, use de vez em quando gasolina aditivada para descarbonizar o motor e limpar as partes móveis. No dia a dia, se for possível, mantenha sempre o tanque cheio para evitar a formação de gotículas na parte superior do tanque, que formam ferrugem e provocam oxidação.
    Bateria – No mínimo uma vez a cada seis meses, verifique o nível da água da bateria. Alguns indícios na parte elétrica, como farol enfraquecido ou descontrole da seta, podem ser sinais de que a bateria está fraca ou quase pifando.
    Pezinho – Se for deixar a moto por mais de três dias parada, recomenda-se utilizar o descanso central em vez do descanso lateral.
  • Capa – Nunca coloque a capa da moto com o motor aquecido. Isso pode causar incêndio e ainda suar a moto, o que causa oxidação das partes metálicas.

Siga essas dicas e sua moto ficará sempre conservada!

Faça a revisão e manutenção de sua moto na Oficina Padre Cícero!




About the Author


Join Discussion