Seguro DPVAT, dicas indispensáveis para pedir a indenização

Seguro DPVAT, dicas indispensáveis para pedir a indenização

26 de dezembro de 2015 Dicas 0 Comments

O DPVAT é um seguro pago somente pelos proprietários de veículos, mas que toda população tem direito. Qualquer pessoa vitima de acidente de trânsito será indenizada.

Você não precisa contratar terceiros para dar entrada no pedido de indenização do seguro DPVAT. Este é um procedimento gratuito e pode ser realizado por você!

Como dar entrada

A própria vítima que dá entrada no pedido de indenização ou reembolso. Basta juntar a documentação necessária de acordo com cada caso e levar até o posto de atendimento mais próximo. Quando há vítimas fatais, os parentes que devem fazer o pedido.

Consulte a lista de documentos no site da Dpvat seguro no trânsito (Clique Aqui)  e entregue-a no ponto de atendimento DPVAT mais próximo de você (Clique aqui). Para isso, lembre-se: você também conta com as agências dos Correios.

“A população precisa ficar atenta pois existe uma rede de pessoas atuantes nas portas dos hospitais e nas funerárias, por exemplo, que em caso de acidentes de trânsito se oferecem à própria vítima ou aos parentes para dar entrada na documentação e retirar o dinheiro que elas têm direito e, em troca, exige uma porcentagem da indenização”, afirma Xavier. “Para evitar essas fraudes, hoje o valor da indenização é creditado na conta do beneficiário”.

Acidente Cobertos

Estão cobertos acidentes de trânsito ocorridos nos últimos 3 anos, envolvendo veículo automotor de via terrestre (*), que tenham causado morte, invalidez permanente ou despesas médico-hospitalares.

(*) É aquele que tem motor próprio e roda em terra ou asfalto, ou seja, é um carro de passeio, motocicleta, caminhão, ônibus, micro-ônibus ou trator. Lembre-se: trens, bicicletas e barcos não se enquadram como veículo automotor de via terrestre.

Quem recebe e quanto
Cobertura Quem tem direito (beneficiários) Valores de indenização
Morte Familiares ou herdeiros legais R$ 13.500,00 por acidentado(1)
Invalidez permanente Somente o próprio acidentado até R$ 13.500,00 por acidentado (2)
Despesas médico-hospitalares Somente o próprio acidentado até R$ 2.700,00 por acidentado(3)
(1) Estes valores não são divididos entre as vítimas do mesmo acidente. São pagos
individualmente
(2) O valor da indenização de invalidez permanente varia conforme a gravidade da
lesão
(3) O valor do reembolso médico-hospitalar varia conforme o total de despesas comprovadas

Prazo para fazer o pedido

Para morte e despesas médicas é de 3 anos a contar da data do acidente. Para invalidez permanente é de 3 anos a contar da ciência da invalidez permanente pela vítima.

Dicas para receber mais rápido

Acompanhe de perto o andamento do seu pedido de indenização pelo Site DPVAT ou pelo SAC 0800 022 1204. Nestes canais você recebe informações seguras sobre todas as etapas de análise do pedido até o recebimento da indenização.

Como evitar o golpe do DPVAT

  • O pedido de indenização do Seguro DPVAT não deve ser entregue a terceiros. Ele deve
    ser aberto e acompanhado diretamente por quem tem direito à indenização.
  • Pedir, acompanhar e receber a indenização do DPVAT são serviços gratuitos. Não abra
    mão de parte da indenização pagando desnecessariamente comissões ou honorários a
    terceiros.
  • A indenização do DPVAT é liberada em até 30 dias quando o pedido é feito nos pontos
    de atendimento autorizados. Fique atento: pedidos feitos na justiça levam anos para
    ser liberados.

Conheça mais sobre o DPVAT no site: http://www.dpvatsegurodotransito.com.br/

Fonte Principal: DPVATSEGURODOTRANSITO

Fonte2: G1

 




About the Author


Join Discussion